Loader

Ultrassonografia Pélvica

Ultrassonografia Pélvica

A ultrassonografia pélvica é um exame por imagem que permite observar os órgãos internos da pélvis, como o útero, os ovários e as trompas, assim como as artérias e veias da região, e para analisar o progresso da gestação.

A ultrassonografia pode ser realizada de duas formas: suprapúbica, ou seja, sem a introdução do transdutor, que é posicionado no abdômen baixo por fora do corpo; e transvaginal ou endovaginal, havendo a introdução do transdutor pela vagina.

Embora seja um exame por imagem, não é utilizado nenhum tipo de radiação. A técnica é baseada na emissão e recepção de ecos (som).

A ultrassonografia pélvica é uma técnica de diagnóstico e tratamento da infertilidade do casal que busca engravidar, mas é infértil, portanto é muito solicitada pelo médico especialista em fertilidade no decorrer de tratamentos como fertilização in vitro (FIV), inseminação artificial (IA) e mesmo relação sexual programada, principalmente para acompanhar a resposta da paciente à estimulação ovariana.

O exame é feito obrigatoriamente sob a supervisão de um médico especialista em interpretação de imagens.

Preparação

Apenas a ultrassonografia pélvica suprapúbica tem preparação.

  • Com 1 hora de antecedência do exame, a paciente deve ingerir cerca de 2 a 4 copos de água.

Esse procedimento é importante porque a bexiga cheia facilita que as ondas de som cheguem às áreas a serem observadas.

Resultados

Como qualquer outro exame, a ultrassonografia gera resultados, que devem ser apresentados ao médico para que ele possa analisar e encaminhar a situação.

O exame é solicitado no tratamento da infertilidade geralmente para detectar alterações nos órgãos da pélvis. No útero, investiga-se a presença de miomas, pólipos, malformações e alterações endometriais. A análise dos ovários permite não só verificar a reserva folicular, pois é possível fazer a contagem dos folículos antrais, como também a presença de cistos, endometriomas e outros tumores. Já nas trompas, o exame pode detectar a presença de hidrossalpinge, acúmulo de líquido que pode acontecer em uma ou nas duas trompas. O exame, em alguns casos, pode indicar endometriose pélvica.

Na técnica da FIV, a ultrassonografia é utilizada para guiar a punção folicular com a finalidade de fazer a captação dos óvulos e para auxiliar na implantação dos embriões.

 

Agende agora a sua consulta

Clique aqui