PESA e MESA

Aspiração Percutânea de Espermatozoide do Epidídimo (PESA)

A PESA é uma técnica que obtém espermatozoides do epidídimo (órgão que fica atrás dos testículos no qual os espermatozoides amadurecem e ganham a capacidade de se movimentar),  utilizando  agulha e seringa, geralmente sob anestesia local com ou sem sedação do paciente. Os espermatozoides podem ser utilizados de modo imediato ou serem congelados para futura utilização. A taxa de sucesso é de cerca de 95% nas azoospermias obstrutivas.

A PESA é a técnica mais indicada para homens que se submeteram à vasectomia ou que tenham o diagnóstico de azoospermia obstrutiva em virtude da obstrução dos ductos deferentes.

Vantagens da PESA

  • Anestesia local;
  • Custo mais baixo;
  • Trauma menor.

Aspiração Microcirúrgica de Espermatozoide do Epidídimo (MESA)

A técnica de MESA é mais complexa que a PESA. Da mesma forma que a PESA, a MESA possibilita a obtenção de espermatozoides móveis no epidídimo para utilização imediata ou para criopreservação.

Esse procedimento exige a aplicação de anestesia. Após a sedação, o médico faz uma incisão no escroto e expõe o epidídimo e o testículo.

A última etapa é coletar o material com o auxílio de um microscópio ou lupa, que é encaminhado ao laboratório em anexo para a pesquisa da presença e qualidade dos espermatozoides.

Vantagens da MESA

Pode proporcionar o achado de espermatozoides nos casos de insucesso da PESA.

Desvantagens da MESA

Procedimento invasivo que requer maior tempo de recuperação e aumenta os riscos de infecção.

 

Agende agora a sua consulta

Clique aqui