Reversão de Vasectomia

Reversão de Vasectomia

A vasectomia consiste no corte dos canais deferentes do homem, impedindo que os espermatozoides produzidos pelos testículos se misturem ao líquido seminal e sejam ejaculados. A técnica é um método contraceptivo definitivo, portanto provoca a infertilidade, mas não interrompe a produção das células reprodutivas. No entanto, mudanças na vida de um homem podem fazer com que ele mude de ideia e queira novamente ter um filho. Os motivos mais comuns são o início de um novo relacionamento, a morte de algum filho ou o desejo de ter outros.

Nesses casos, a medicina oferece duas opções: a fertilização in vitro (FIV) ou a cirurgia de reversão da vasectomia, que é mais complexa do que a própria vasectomia.

Os índices de sucesso de gravidez pós-reversão variam bastante porque dependem do tempo decorrido entre a cirurgia inicial e a reversão e a idade da mulher. Assim, os índices de gravidez podem variar entre 40% e 65%.

Para quem é indicada a reversão da vasectomia

O tempo decorrido entre a vasectomia e a possível reversão não é contraindicação para a técnica. No entanto, quanto mais tempo houver passado da vasectomia, menores serão as chances de gravidez após a reversão.

Além disso, é fundamental avaliar a parceira, principalmente sua idade. Uma vez que a reserva ovariana cai conforme a idade, a gravidez se torna mais difícil em mulheres a partir dos  35 anos.

Portanto, a combinação do tempo decorrido da vasectomia com a fertilidade da mulher pode ser uma contraindicação para a técnica e uma indicação para a FIV.

O procedimento de reversão

A microcirurgia consiste na recanalização dos ductos deferentes do homem, possibilitando que os espermatozoides voltem a se misturar ao líquido seminal e sejam ejaculados.

Os ductos deferentes são muito pequenos, por isso o cirurgião precisa do auxílio de uma lupa ou microscópio para realizar a cirurgia.

O cirurgião utiliza fios cirúrgicos extremamente finos na cirurgia com os quais, faz a religação das partes que foram cortadas.

Resultados da reversão

A reversão nem sempre surte efeito, já que alguns fatores interferem no resultado, como a idade da parceira e o tempo decorrido entre a vasectomia e a reversão.

Existem casos em que há outras razões para a infertilidade, portanto tanto o homem como a mulher precisam passar por uma avaliação mais minuciosa e serem orientados a respeito de outras técnicas de fertilização que podem ser mais eficazes que a reversão.

O fato de o casal já ter tido um ou mais filhos no passado não é garantia de sucesso da reversão, já que os parceiros estão mais velhos e o tempo da cirurgia pode diminuir a capacidade reprodutiva do homem. O que acontece também é que pode levar meses, para o organismo voltar a produzir espermatozoides de boa qualidade, portanto a gravidez pode demorar para acontecer.

Outros tratamentos indicados

A aspiração dos espermatozóides  com anestesia local e/ou sedação, é o método indicado para casais que tenham contra indicação da reversão ou não queira passar pela cirurgia reconstrutiva.

A aspiração ocorre na maioria dos casos no momento da aspiração do óvulo.

 

Agende agora a sua consulta

Clique aqui
Reversão de Vasectomia
Avalie esse conteúdo